A Origem do Universo [Poesia]

Leia com o aúdio de minha leitura =)

Sou a partícula da origem do universo;
a força que move os buracos negros.
O brilho das estrelas que estava imerso,
viaja através do que era disperso e agora está íntegro.

Entre colisões e combustões, sóis nascem da mais pura dor.
Destroços inúteis se tornam meteoros;
poeira vira cometas, espalhando-se com esplendor.
Tudo se transforma nesse cosmo cheio de oximoros.

Sou a expansão; eterno crescimento.
E ainda que se rompam minhas cordas,
algo de mim jamais cairá no esquecimento.
Meus limites não são definíveis; infinitas são minhas bordas.

De um grão ao todo,
da profunda e absoluta escuridão
até a luz se dispersando com denodo,
sou o elo que mantém as galáxias em união.

Por Gisele Portes

Deixe uma resposta